Apesar de muitas pessoas falarem que não dão bola para os pontos e que buscam somente a finalização, saber a regra do esporte que se pratica e lutar com “o livro de regras em baixo do braço”, é algo que pode ser decisivo entre a vitória e a derrota em uma competição.

                Neste artigo, falarei um pouco sobre como funcionam as punições no Jiu-Jitsu, e dessa forma ajudá-lo a evitá-las, afinal de contas, ninguém quer ser punido não é mesmo?

 

PUNIÇÕES NO JIU-JITSU

                As punições no Jiu-Jitsu são dadas aos atletas de forma acumulativa e são classificadas por falta de combatividade, falta grave e falta gravíssima.

                As faltas gravíssimas levam o atleta a desclassificação imediata. Nas demais faltas, grave e por falta de combatividade, o arbitro fará o gesto abaixo para punir o infrator.

 

                Após o atleta receber uma punição, a segunda punição será seguida de uma vantagem para o adversário, como demonstro na imagem a seguir:

                Na terceira falta, a punição será seguida por dois pontos para o adversário e por fim, a quarta falta será a desclassificação do atleta.

 

                Nas categorias até 15 anos, a quarta e quinta falta serão seguidas de dois pontos para o adversário, sendo desclassificado somente na sexta falta.

 

FALTA DE COMBATIVIDADE

                Quando um atleta permanece por 20 segundos sem buscar progredir na posição, ou seja, sem buscar uma posição progressiva passível de pontuação ou finalização, o atleta será punido por falta de combatividade.

                Nas posições de montada e de pegada de costas, desde que se mantenham as características técnicas das posições, não existem punições por falta de combatividade.

 

TRANSIÇÕES NO 100KG

                Chegar na estabilização lateral e ficar alternando entre a posições do 100kg, não caracteriza que o atleta está buscando a luta. Portanto, para não tomar punições por esse motivo, ao chegar no 100kg, busque a finalização ou progrida nas posições que dão pontuação, como montada, pegada de costas e joelho na barriga.

                Falando em 100kg, você já viu o artigo onde explico como sair de uma dessas posições do 100kg e ainda finalizar em uma chave de braço? Veja o artigo Como sair do 100kg?

 

FAZER GUARDA ABERTA NÃO DA PUNIÇÃO

                Um mito que existe nas academias de Jiu-Jitsu, é que o atleta que está por baixo fazendo guarda aberta não pode ser punido por falta de combatividade. Mas a verdade é que tanto o atleta que está fazendo guarda, como o atleta que está passando a guarda, devem buscar progredir as suas posições, senão ambos serão punidos por falta de combatividade.

                                    

FALTAS GRAVES

                As faltas graves não desclassificam o atleta de imediato. Entretanto, as punições são acumulativas e podem levar a desclassificação.

                Dentre a lista de faltas graves, cito algumas que devemos cuidar para não sofrer punições no decorrer da luta:

  • Ajoelhar ou sentar durante troca de quedas sem fazer qualquer pegada;
  • Empurrar o adversário para fora da área de luta;
  • Retirar propositalmente o kimono ou faixa;
  • Segurar na boca da calça ou manga do adversário com os dedos para dentro;
  • Desobedecer uma ordem do árbitro;

                Vale lembrar que esta não é a lista completa de faltas graves e a mesma pode ser obtida no site da Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu, conforme link ao final do artigo.

 

FALTAS GRAVÍSSIMAS

                As faltas gravíssimas são divididas em faltas técnicas e faltas disciplinares. Em ambas as faltas o atleta será desclassificado imediatamente.

 

FALTA TÉCNICA

                Confira algumas faltas técnicas que podem levar o atleta a desclassificação:

  • Após ter o kimono inutilizado, não conseguir trocá-lo no prazo estipulado pelo árbitro;
  • Fugir deliberadamente da área de luta para fugir de uma finalização;
  • Tapar o nariz e a boca do adversário com as mãos;

 

                Também é considerado falta técnica quando o atleta aplica algum movimento proibido na sua categoria. Veja a tabela dos golpes proibidos abaixo:

 

FALTA DISCIPLINAR

                As faltas disciplinares já ocorrem com menos frequência. Entretanto, devem ser lembradas e deixo a lista completa abaixo:

  • Atleta que fala palavras ofensivas ou gestos obscenos ao adversário, árbitro, mesários ou público.
  • Atleta que agride o adversário, árbitro, organização do evento ou público.
  • Atleta que morde, puxa cabelo, aplica golpes nas genitais, nos olhos, ou qualquer golpe traumático intencional;
  • Atleta que durante a luta ou ao comemorar a vitória, age de forma ofensiva ou desrespeitosa ao adversário ou ao público;
  • Simular o combate para fechar uma categoria.

 

PUNIÇÕES SÃO ACUMULATIVAS

                Conforme disse no inicio do artigo, as punições são acumulativas e portanto, devemos dar atenção para não perdermos a luta dessa forma.

                Por exemplo:  Se um atleta no começo da luta ajoelhar-se sem fazer pegada e desobedecer uma ordem do árbitro, ele já receberá duas punições e o adversário uma vantagem. Se ao retornar a luta ele fizer uma pegada por dentro da boca da calça do adversário, receberá outra punição e o adversário ganhará dois pontos. A partir deste momento, qualquer punição que ele receba, acarretará na desclassificação.

 

                Gostou do artigo? Deixa suas dúvidas e comentários aqui embaixo e não esquece de compartilhar com seus colegas de tatame.

 

                Se quiser ver a livro de regras completo da Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu, faça o download no site link abaixo:

                http://cbjj.com.br/wp-content/uploads/2015/03/RegrasIBJJF_v4_pt-BR.pdf

 

                OSSS

Pin It

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Quem sou eu

Professor Matheus Zimmermann

             Meu nome é Matheus Zimmmermann, tenho 33 anos, e fui formado Faixa Preta de Jiu-Jitsu pelo Mestre Cézar Guimarães, mais conhecido como “Casquinha”.

            Represento a equipe Top Brother, que possui sua matriz localizada na cidade do Rio de Janeiro-RJ, e sou responsável pela filial no sul do Brasil, na cidade de Pelotas-RS.

Leia mais

Quer ficar por dentro de todos os artigos postando no ZJiuJitsu.com?
Cadastre-se GRATUITAMENTE na nossa lista de e-mails!