Sabe quando você encaixa a posição e mesmo assim não consegue finalizar? Acho que não tem sensação pior que perder uma posição por falta de ajuste.

                Conforme prometi anteriormente pelas redes sociais, gravei uma videoaula com 6 detalhes para não perder  a americana.

                Vamos a videoaula?

 

VIDEOAULA – 6 DETALHES PARA NÃO PERDER A AMERICANA

 

COTOVELO NA ORELHA

                O primeiro detalhe para ajustar a chave americana, é encostar meu cotovelo na orelha do adversário, tirando o espaço e a possibilidade do adversário voltar e colocar a cabeça em cima do meu antebraço novamente.

 

POR ONDE PASSAR A SEGUNDA MÃO

                A segunda mão deve entrar obrigatoriamente entre o cotovelo e a axila do adversário. Caso você entre em direção ao antebraço, além de não ter alavanca suficiente para finalizar, o adversário encolhe e estica o braço com facilidade e consegue defender a finalização.

 

PALMA DA MÃO PARA CIMA

 

                Este é o erro mais comum que vejo por aí. Quando fizer a pegada, você precisa grudar a mão do adversário no tatame, mantendo a palma da mão dele para cima. Dessa forma, você dificulta a defesa e ganha muita alavanca para finalização.

 

ÂNGULO DE 90°

                Depois de colocar a palma da mão do adversário para cima, fica mais fácil ajustar o ângulo correto do braço. Lembrando que a maior alavanca está exatamente nos 90°, porém você pode oscilar um pouco para ter um melhor ajuste de pegada dependendo do tamanho dos seus braços ou o do adversário.

 

TORCER OS PUNHOS PARA DENTRO

                Quantas vezes você perdeu a chave americana porque o adversário conseguiu esticar o braço? Então este detalhe vai te ajudar e muito a igualar a força e impedir que o adversário estique e defenda seu ataque.

                Após ajustar as pegadas, você deve torcer os dois punhos para baixo. Este movimento faz com que ajuste ainda mais a palma da mão do adversário para cima e esconde seus dedos, que é o primeiro ponto a abrir quando o adversário estica o braço. Neste movimento, você irá notar a diferença de ajuste e em alguns casos o adversário já começará a levantar o quadril para aliviar a pressão.

 

FINALIZANDO

                De nada adianta fazer todos os ajustes e na hora de finalizar terminar o movimento errado. Quando você for finalizar o adversário, você precisa continuar com os detalhes anteriores e ir arrastando a mão do adversário em direção ao quadril dele. Por consequência deste movimento o cotovelo dele irá levantar, mas a pressão continua mantendo a palma da mão dele para cima e grudada ao tatame.

 

DÚVIDAS

                E aí, o que achou destes 6 detalhes para não perder a americana? Espero que você teste os ajustes e caso fique com alguma dúvida pode entrar em contato.

Bons treinos!

                OSSSS

Pin It

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Quem sou eu

Professor Matheus Zimmermann

             Meu nome é Matheus Zimmmermann, tenho 33 anos, e fui formado Faixa Preta de Jiu-Jitsu pelo Mestre Cézar Guimarães, mais conhecido como “Casquinha”.

            Represento a equipe Top Brother, que possui sua matriz localizada na cidade do Rio de Janeiro-RJ, e sou responsável pela filial no sul do Brasil, na cidade de Pelotas-RS.

Leia mais

Quer ficar por dentro de todos os artigos postados no ZJiuJitsu.com?
Cadastre-se GRATUITAMENTE na nossa lista de e-mails!